A Igreja Somali está Crescendo?

0
147

Casal que faz parte da diversa comunidade pastoreada por Muktar no Chifre da África. Eles são beneficiados por programas de discipulado e de negócios

Sim, mesmo com uma população 99% muçulmana espalhada pelo Chifre da África, a igreja tem se expandido entre os somalis

Os somalis são mais de 99% muçulmanos e qualquer um deles que se atreva a dar as costas ao islã pode esperar consequências muito sérias, como martírio, agressão física, prisão e ostracismo. Nesse ambiente, a Portas Abertas visitou Muktar*, que exerce ministério pastoral entre os somalis há 20 anos e há cinco em parceria com a organização. O líder cristão compartilha os avanços recentes no ministério: “Muitos somalis ouviram o evangelho e receberam Jesus; cerca de 15 foram batizados e estão se tornando discípulos”. Eles formam uma comunidade de cristãos ex-muçulmanos que tem se desenvolvido através do discipulado.

Há mais de três anos, a comunidade de Muktar participa do programa de discipulado da Portas Abertas. “Por causa disso, os cristãos tornaram-se profundamente enraizados em Jesus e mantêm-se fortes diante da perseguição. Eles também conseguem compartilhar o evangelho com outras pessoas. Por exemplo: um de nossos discípulos mais jovens recentemente teve a oportunidade de compartilhar o evangelho com cinco colegas depois de orar por um aluno que havia desmaiado na escola. Um deles veio a Jesus e acreditamos que os outros quatro estão a caminho”, testemunha Muktar.

Outros cristãos somalis, em sua maioria ex-muçulmanos, participam do curso de teologia de dois anos oferecido pela Portas Abertas. Com entusiasmo, o líder cristão declara: “Eu acredito que no futuro eles levarão o evangelho adiante. Com a ajuda do seu ministério, também alugamos um lugar onde os cristãos somalis perseguidos podem ser discipulados em segurança, sem a pressão constante de temer por suas vidas”. A ideia é formar uma comunidade cristã nesse lugar seguro, treinando os cristãos em princípios de administração para que possam gerar suas próprias finanças. Seu apoio foi uma grande ajuda nesse processo!”, agradece.

“Todo mundo tem medo de ministrar entre os somalis”

Muktar conta que uma igreja foi plantada em uma cidade vizinha e o número de cristãos ex-muçulmanos também tem crescido por lá. No Chifre da África, as pessoas geralmente são muito pobres. Isso fica ainda pior quando eles vêm a Jesus e suas famílias os abandonam. Nesse caso, elas se tornam totalmente dependentes da igreja, onde chegam com todas suas necessidades.

“Os resultados de sua ajuda para nós na criação de um negócio e para ajudar os jovens através do treinamento de habilidades nos surpreenderam. Por exemplo, vocês ajudaram Medina* a iniciar um pequeno negócio. Isso lhe deu a oportunidade de compartilhar o evangelho com quatro pessoas. Essas quatro compartilharam o que ouviram com outros 26 somalis. Em breve vamos reuni-los para um jantar e mostrar o filme de Jesus”, diz Muktar.

O líder cristão expressa entusiasmo, pois essas coisas mostram que Deus está trabalhando e que terminará a obra que iniciou. “Digo a você que podemos ver, ouvir, rastrear e tocar o impacto disso. Nossa emoção é ilimitada. Deus realizou um milagre para minha família e nosso ministério. Somos muito abençoados! Todo mundo tem medo de ministrar entre os somalis. Ninguém quer alcançá-los. Mas vocês permaneceram ao nosso lado, seus líderes têm nos treinado e encorajado.”

Muktar conclui com uma palavra de agradecimento: “A todos que apoiam este trabalho: agradecemos a Deus por todos vocês e oramos sempre por vocês, para que Deus expanda seu ministério. Juntos, estabelecemos uma base sólida. Agora é necessário diligência para o trabalho futuro. Vocês demonstraram amor ao nome de Jesus e a este ministério. Saibam que está dando frutos. Deus os abençoe. Não desistam!”.

*Nomes alterados por segurança.

Mostre que você se importa

A Portas Abertas oferece treinamentos na língua local para que líderes sejam capacitados a desenvolver um ministério efetivo, oferecendo a esses cristãos um lugar seguro para congregar. Sua contribuição faz com que um líder seja treinado em regiões sensíveis do Chifre da África. Outra forma de mostrar seu apoio é participando do DIP 2020, que será realizado no dia 13 de setembro. Nosso foco este ano será levar nosso amor aos cristãos ex-muçulmanos. Cadastre sua igreja e participe!

Fonte: Portas Abertas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here