Aborto é a principal causa de morte no mundo em 2022 com 44 milhões de bebês mortos

0
404

O aborto foi a principal causa de mortes no mundo pelo quarto ano consecutivo. (Foto: Imagem ilustrativa/Unsplash/Carlos Navarro).

O número de mortes por aborto foi quase quatro vezes maior do que o de mortes causadas por doenças infecciosas.

aborto foi a principal causa de mortes no mundo em 2022, pelo quarto ano consecutivo, de acordo o banco de dados de saúde Worldometer. No total, 44 milhões de bebês foram mortos no ano passado.

O relatório é baseado em estatísticas da Organização Mundial da Saúde, embora a OMS afirma que cerca de 73 milhões de abortos induzidos ocorrem no mundo a cada ano.

A segunda principal causa de morte em 2022 foi doenças transmissíveis, que causaram quase 13 milhões de mortes.

Em seguida, o câncer, vitimando 8 milhões de pessoas, 5 milhões de mortes causadas pelo tabagismo e 2,5 milhões de mortes relacionadas ao álcool.

Logo depois, vem as mortes ocasionadas pela AIDS; quase 2 milhões. As principais causas de mortes identificadas pelo Worldometer também incluem acidentes de trânsito, que mataram mais de 1 milhão de vidas, e suicídios, totalizando mais de 1 milhão..

Segundo o levantamento, as mortes por Covid-19 chegaram a 1.209.570 no ano passado.

Em 2022, o número de mortes por aborto foi quase quatro vezes maior do que o de mortes causadas por doenças infecciosas. 

Leis pró-vida diminuem abortos

Nos Estados Unidos, após a derrubada do direito ao aborto pela Suprema Corte em julho, mais de 175 mil abortos foram evitados, segundo o grupo pró-vida Susan B. Anthony Pro-Life America.

Desde a decisão da Suprema Corte dos EUA, 14 estados americanos implementaram leis proibindo totalmente ou parcialmente a interrupção da gestação

De acordo com estimativas do grupo pró-vida, a partir de 2 de dezembro, ocorreram 125.082 abortos a menos.

Nos últimos quatro anos, o aborto se manteve como a principal causa de mortes no mundo, apresentando um leve aumento ao longo dos anos. 

Em 2021 e 2020, aproximadamente 44 milhões de bebês foram abortados. 42,4 milhões de fetos foram mortos em 2019.  

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO THE CHRISTIAN POST

RETIRO IP SEMEAR 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here