Academia Brasileira de Letras não apoia uso da linguagem neutra

0
392

Imagem ilustrativa. (Foto: Imagem ilustrativa/Unsplash/Daniel James).

Em reunião do Conselho Nacional de Educação, a ABL se posicionou contra a linguagem neutra entrar oficialmente na língua portuguesa.

A Academia Brasileira de Letras (ABL) se posicionou contra o uso da linguagem neutra, durante uma reunião pública realizada pelo Conselho Nacional de Educação, na última terça-feira (3).

Na ocasião, o presidente da ABL, Merval Pereira, afirmou que não é o momento para a linguagem neutra entrar oficialmente na língua portuguesa.

Merval explicou que a Academia está analisando o assunto com cuidado e que a linguagem neutra ainda é um fenômeno novo e de nicho. Para a ABL, a mudança seria complexa, porque alteraria a estrutura do português brasileiro. 

Linguagem neutra na sala de aula

Sobre a adoção da linguagem neutra em documentos oficiais, Merval ponderou que esses casos não estarão dentro do padrão da língua culta.

Ele também afirmou que professores não poderão obrigar alunos a usarem a linguagem neutra.

“Os documentos oficiais devem seguir as normas oficiais que estão vigentes. Se o professor quiser falar ‘todes’ na sala de aula, ele estará prejudicando a maioria dos alunos que não sabe o que é isso. Ele também não pode obrigar os alunos a usarem a linguagem neutra, porque não há nada que obrigue a isso”, declarou o presidente.

Pereira ainda declarou que a decisão de usar ou não a linguagem neutra cabe ao Ministério Público e não a Academia de Letras.

O presidente concluiu, afirmando que a posição da ABL não é definitiva e que o tema precisa de mais tempo para ser avaliado.

“A gente tem que ficar atento à continuidade do uso ou não dessa linguagem, ver até que ponto ela pode se ampliar na sociedade, fora do nicho na qual nasceu e que, no momento, só pessoas ligadas a esse nicho usam”, explicou Merval Pereira.

Várias cidades no Brasil já proibiram o uso da linguagem neutra em escolas e em materiais didáticos, como Belo Horizonte, Recife e Petrópolis.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA GAZETA DO POVO

RETIRO IP SEMEAR 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here