AOS QUE ESTÃO EXAUSTOS

0
159

AOS QUE ESTÃO EXAUSTOS

“… Fatiguei-me, ó Deus; fatiguei-me, ó Deus, e estou exausto” (Prov 30:1b)

Em um mundo que nos aconselha a escondermos nossas fraquezas e limitações pessoais, somos pela Palavra encorajados a abrir inteiramente o coração com o nosso Deus.

O capítulo 30 do livro de Provérbios começa com uma figura desconhecida, que é “Agur, filho de Jaque, de Massá” (v.1). Não se sabe quem ele é, havendo diferentes especulações a respeito. O certo, pelo que veremos, é que Deus o usou para registrar verdades reveladas e necessárias para nossas vidas.

O verso de hoje é uma espécie de desabafo, pois grita: “Fatiguei-me, ó Deus; fatiguei-me, ó Deus, e estou exausto” (v.1). A palavra hebraica usada para “exaustão” (ukal) significa também ‘consumido’, ‘totalmente exaurido’. É um grito por misericórdia (“ó Deus”), falando com repetição o que passa em sua alma (“fatiguei-me”) e concluindo com o seu estado pessoal (“estou exausto”). Há aqui lições que precisamos observar com atenção.

Primeiro, abra o seu coração com o Senhor. É certo que devemos desabafar com a família e os amigos chegados, porém o mais interessado em suas dores e aflições é o Pai. Ele o criou, conhece os meandros de sua história, segundo a segundo, sabe qual é a sua força e a sua fraqueza, e deseja caminhar com você quando chega a fadiga e a exaustão. Cultive uma vida de oração, diálogo com o Pai em nome de Jesus, abrindo honesta e inteiramente o seu coração com o Senhor. Ele deseja ouvi-lo.

Segundo, somos todos limitados. É importante saber que nossa capacidade pessoal não é estática. Nossos limites não são fixos, mas dinâmicos, variando de momento a momento da vida. Há épocas em que suportamos mais e outras em que o cansaço já tomou conta do corpo e da alma. Aprenda a lidar com seus limites e, para isto, é preciso primeiramente reconhecê-los. Aquele que não enxerga os seus limites e deixa de lado a sua exaustão em breve não conseguirá mais andar. Não são poucos os que são paralisados pelo esgotamento e burnout. Avalie o presente momento de sua vida.

Terceiro, achamos descanso e renovo em Deus. Perante o cansaço é preciso descansar. Quando exaustos, é preciso procurar ajuda. Deus usa conselheiros, profissionais de saúde e oportunidades de descanso para renovar o abatido, porém, a fonte do descanso profundo, de corpo, alma e vida, é o Senhor. A fé em Deus faz descansar a alma, pois sabemos que o incontrolável está sujeito ao Eterno. Como lemos: “Ele me faz descansar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso” (Sl 23:2). Se você se encontra exausto, desabafe com Deus; reconheça os seus limites; procure conselheiros, profissionais e os companheiros de caminhada. Sobretudo, confie no Senhor, que é Fiel!

Pastor Ronaldo Lidorio

#ronaldolidorio

RETIRO IP SEMEAR 2023
Artigo anteriorPor que Deus permite o sofrimento?
Próximo artigoQuatro igrejas são reabertas no Oriente Médio
Pastor Eli Vieira é casado com Maria Goretti e pai de Eli Neto. Responsável pelo site Agreste Presbiteriano, Bacharel em Teologia, Pós-Graduado em Missiologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, Recife-PE e cursando Psicologia na UNINASSAU. Exerce o seu ministério pastoral na Igreja Presbiteriana do Brasil desde o ano 1997 ajudando as pessoas a encontrarem esperança e salvação por meio de Jesus Cristo. Desde a sua infância serve ao Senhor, sendo educado por seus pais aos pés do Senhor Jesus que me libertou e salvou para sua honra e glória.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here