Capelães unem esforços para socorrer vítimas e reconstruir ilha do Havaí

0
1868

Capelães ajudam vítimas dos incêndios florestais em Maui. (Foto: Aliança Cristã e Missionária)

Uma equipe de 5 capelães da Aliança Cristã e Missionária se deslocaram para Maui, onde ajudam as vítimas dos devastadores incêndios florestais.

Os incêndios florestais mais mortais já registrados nos EUA tiveram início em 8 de agosto, após os ventos do furacão Dora, uma tempestade de categoria 4, propagarem o fogo por várias ilhas.

O fogo se alastrou rapidamente, resultando na completa devastação do conhecido destino turístico de Lahaina.

Até quarta-feira (23), o número de vítimas fatais chegou em 115, com 1.300 pessoas ainda desaparecidas, segundo autoridades.

Equipes de resgate estão atualmente realizando buscas nas áreas afetadas na esperança de encontrar sobreviventes.

Cinzas e escombros

Embora não existam igrejas da Aliança Cristã e Missionária (CMA, sigla em inglês) em Maui, uma equipe de cinco capelães está envolvida nos esforços de socorro e reconstrução da ilha.

Um deles disse: “Lahaina e partes de Kehei foram reduzidas a cinzas e escombros. Muitos dos que fugiram para o oceano morreram afogados. A probabilidade de encontrar restos humanos em Lahaina é baixa, pois as pessoas foram apanhadas no que se tornou essencialmente um crematório.”

Kurt Mueller, o capelão estadual da Guarda Nacional do Exército do Havaí (HING, sigla em inglês), está entre os que trabalham com a equipe da CMA na busca por sobreviventes.

Ele também está colocando em prática um plano de recuperação espiritual para os socorristas e as pessoas afetadas pelo incêndio.

Moradia e saúde mental

Paige Morris, capelã da Administração de Veteranos da CMA no Centro Médico do Exército Tripler (TAMC, sigla em inglês), estará disponível para conectar veteranos a recursos que podem oferecer apoio suplementar, incluindo ajuda com moradia e serviços de saúde mental.

Brian Myers está pronto em Pearl Harbor e prestará assistência no TAMC caso haja um grande número de vítimas.

Em serviço temporário no Havaí, Dave Bowlus e sua esposa, Meridee, estavam visitando o filho, Andrew, que trabalha no Exército lá.

Juntos, eles dirigiram até a uma rede varejista americana e coletaram suprimentos para levar a Maui como voluntários nos esforços de socorro.

“Louve a Deus pelos capelães da Aliança, pois eles desempenham um papel fundamental ao ajudar as pessoas afetadas pelos incêndios a navegar pelas emoções e desafios complexos que surgem após um desastre”, pede a CMA.

Pedidos de orações

A organização pede orações pelos capelães e todos que estão trabalhando em Maui.

“Continuem a orar pelos nossos capelães, socorristas, autoridades e organizações de ajuda humanitária enquanto eles fornecem ajuda prática e apoio espiritual”, diz Kevin Pies, diretor executivo dos Ministérios de Capelães da CMA.

“Peça sabedoria, orientação na tomada de decisões e forças renovadas enquanto trabalham longas horas no processo de recuperação.”

A CMA exorta os cristãos a orarem também pelo acesso a recursos e oportunidades para reconstruir vidas, lares e comunidades.

“Interceda também pelas pessoas afetadas por traumas enquanto se recuperam de lesões e perdas. Acima de tudo, ore para que os sobreviventes encontrem esperança em Cristo durante este período de grande necessidade”.

A Guarda Nacional do Exército do Havai e outras agências estão apoiando as operações de socorro para ajudar as comunidades afetadas.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA ALIANÇA CRISTÃ E MISSIONÁRIA

RETIRO IP SEMEAR 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here