Casal leva individualmente 500 estudantes chineses à Jesus: “Deus faz a obra”

0
1162

Shu e Lilly Huang. (Foto: Grace Thornton/The Alabama Baptist)

Shu e Lilly Huang se reúnem todos os sábados para ensinar os alunos sobre Jesus.

casal Shu e Lilly Huang foi vocacionado a realizar uma missão onde levaram 500 estudantes a Jesus, nos Estados Unidos.

Shu se mudou para o Alabama em 1978, lá ele ouviu o Evangelho, mas o rejeitou.

“Os cristãos falavam comigo e eu dizia: ‘Não quero isso’”, disse ele à Baptist Press.

Ele cresceu sem acreditar que era um pecador e por isso não entendia quando ouvia falar que “estava destinado ao inferno”.

“Pensei: ‘Não, sou um cara legal, estou fazendo o meu melhor. Não posso aceitar isso”, disse Shu.

Ele e a esposa Lilly eram de Taiwan, país na Ásia Ocidental. Nos EUA, Shu decidiu ir à igreja na intenção de confrontar os cristãos com perguntas, até que eles mudassem de ideia.

No entanto, ele ouviu testemunhos de como Deus havia mudado o coração das pessoas e através de seu trabalho como médico do Hospital UAB (Universidade do Alabama em Birmingham), acreditou na existência de Deus por meio dos detalhes do corpo humano.

Após a conversão, ele e Lilly foram vocacionados a cumprir uma missão.

“Nós dois estávamos muito ansiosos para compartilhar o Evangelho com outras pessoas”, disse Shu.

Início do ministério 

Depois de 46 anos, os Huangs viram cerca de 500 estudantes chineses da UAB aceitarem Jesus.

“Quando fazemos esta obra, as impressões digitais de Deus estão por toda parte”, disse Shu Huang.

“Isso fica evidente na maneira como Deus nos trouxe para o Alabama, nos atraiu para Cristo e nos conectou com uma congregação chinesa na área de Birmingham”, acrescentou ele. 

Na Igreja Batista Shades Mountain, eles se conectaram com os líderes de um programa de inglês.

A princípio, Shu pensou que era uma conexão casual, mas depois descobriu que um cristão no local estava orando para que Deus enviasse um chinês para ajudar no ministério.

“Fiquei tão surpreso. Minha esposa e eu decidimos com muito entusiasmo que queríamos fazer parte desta igreja”, contou ele.

A partir daí, os Huangs começaram a se reunir com estudantes e acadêmicos chineses. Lilly fazia amizade com os alunos e os ajudava distribuindo sacos de pães.

Shu se reunia com estudantes e explicava os fundamentos do cristianismo. Porém, no final do primeiro ano, ninguém havia tomado a decisão de seguir Jesus.

“Minha esposa orou e disse: ‘Deus, acredito que o Senhor enviará alguém para nós. Quero lhe pedir que este ano, cinco alunos aceitem Jesus’”.

“Deus respondeu. No ano seguinte, ela orou por 10, e 10 seguiram a Cristo. Embora estivéssemos muito entusiasmados naquele primeiro ano, Deus queria nos dizer que sem Ele ninguém pode fazer o trabalho”, afirmou Shu. 

Tempo depois, mais estudantes aceitaram a Cristo todos os anos. Hoje, eles testemunham cerca de 500 conversões.

O grupo, que ainda é um ministério da Shades Mountain Baptist (BCM), se reúne aos sábados no Baptist Campus Ministries da UAB para estudar sobre os fundamentos do cristianismo e depois comem juntos.

Eles possuem uma parede à prova de som que permite a tradução ao vivo da aula para o inglês para alunos que não falam chinês.

Bill Morrison, ministro principal do campus da UAB BCM, disse que imagina que entre os estudantes que agora seguem a Cristo e os discípulos que fizeram tanto no Alabama como na China e Taiwan, o impacto do ministério dos Huangs é “na casa dos milhares, se não nas dezenas de milhares”.

Ele atribui esse impacto à vida de oração do casal: “Eles são incríveis, realmente são. Isso só prova que se você tem um coração voltado para o Evangelho e um coração para os estudantes universitários, não importa sua idade, você pode fazer a diferença”.

E Shu concluiu dizendo: “Eu realmente reconheço que Deus me ajuda. Mesmo sendo velhos — ela tem 82 anos, eu tenho 83 — se você quiser fazer isso e for sincero, Deus irá guiá-lo”.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE BAPTIST PRESS

RETIRO IP SEMEAR 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here