Fatos que mais me impressionaram na Igreja da Coréia

0
306

Salmo 126:5-6

“Os que com lágrimas semeiam com júbilo ceifarão.
Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes”.

Introdução:

O país é menor do que o Estado de São Paulo. A Coréia do Sul é a décima segunda economia do mundo. Oitenta e cinco por cento da população tem formação universitária. Somente 20 pessoas foram assassinadas no país em todo o último ano. As ruas são extremamente limpas. O desenvolvimento tecnológico é impressionante. Cristãos sérios ocupam posições importantes em todas as áreas do país, ainda que a população cristã evangélica seja de trinta por cento aproximadamente. Tudo isso e muitas outras coisas são frutos que a sociedade recebeu do Avivamento.
Contudo, quero ressaltar os fatos que mais me impressionaram na igreja coreana:

1- FIDELIDADE A DEUS.

Os crentes estudam a Palavra e obedecem à Palavra, levam Deus a sério e dão testemunho. Em uma igreja em que estivemos, com 5000 membros, só aconteceu uma disciplina pública em 29 anos de existência, por causa da vida de santidade do povo.

2- RESPEITO À LIDERANÇA.

Os crentes reconhecem biblicamente que seus pastores são homens, mas reconhecem biblicamente que estes são autoridades constituídas por Deus e por isso devem ser honrados como pessoas que representam ao Senhor no pastoreio do rebanho.

3- O EQUILÍBRIO ENTRE A TEORIA E PRÁTICA.

Pastores têm doutorado nas melhores universidades e seminários do mundo, mas entendem que na grande comissão Jesus se preocupa com o ensino prático que nos chama a guardar e a obedecer tudo o que Ele nos ensinou.

4- A PREOCUPAÇÃO COM AS PRÓXIMAS GERAÇÕES.

Os departamentos infantis nas igrejas ocupam um lugar de extrema importância, com diversas missionárias, excelentes recursos logísticos, ensino bíblico fiel em inglês e, além disso, eles inculcam nas crianças a sua responsabilidade missionária para com Deus e todos os povos da terra.

5- O DESEJO DA UNIFICAÇÃO DAS CORÉIAS.

Em todos os cultos os pastores oram pela unificação de seu país e para que os seus irmãos do Norte sejam libertos do regime comunista opressor.

6- A PREOCUPAÇÃO COM MISSÕES.

A igreja coreana, como fruto do avivamento, tem enviado milhares de missionários a quase todas as nações da terra.

7- A EXCELÊNCIA NO CULTO E NO TRABALHO PARA DEUS.

Imagem relacionadaO culto é para o Senhor. Feito com excelência. Músicos bem preparados. Mensagens bíblicas com conteúdo e aplicação pratica. Ninguém usa o culto a Deus para fazer comunicações pessoais. Há muito preparo em oração.
Na Igreja Sarang, os pastores e os presbíteros que participarão dos cultos dominicais se reúnem após a reunião de oração da madrugada no Sábado e se preparam para os Cultos, dividindo responsabilidade e orando intensamente e clamando a graça de Deus para os cultos do fim de semana. Presenciamos esse fato impressionante.

8- A VIDA DE ORAÇÃO DA IGREJA COREANA.

Estivemos em uma reunião de oração com duas mil pessoas, impressionante, abençoador e muito edificante.
Pastores coreanos oram pelo menos duas horas todos os dias, além de orar sem cessar.
A igreja coreana frequenta as reuniões de oração de madrugada, porque o Senhor é a prioridade da vida desse povo.

9- O COMPROMISSO COM O DISCIPULADO.

É um discipulado que transforma vidas. Exige compromisso e acompanhamento pessoal. Não são somente doze lições. São dois a três anos de acompanhamento com as pessoas de um grupo pequeno, tal como Jesus fez com os discípulos.

O objetivo é uma confrontação pessoal com a Palavra para a transformação de vidas!

O objetivo é levar os cristãos à maturidade espiritual!

A visão de que cada cristão é sacerdote e de que cada um foi chamado por Deus para ser sal e luz e representa ao Senhor nesse mundo tem levado um grupo de igrejas coreanas a se preocupar com cada indivíduo do rebanho, para que cada Cristão seja preparado para ser um discipulador.

Conclusão:

Minha perspectiva ministerial foi profundamente ampliada.
A prioridade ainda é o chamado para pregar a Palavra, mas a capacitação de cada membro do rebanho para ser um discípulo maduro que faz outros discípulos é também prioridade agora, mais do que nunca!
É claro que sempre estaremos dispostos a aconselhar o rebanho, mas precisamos mudar o foco do modelo terapêutico ocidental, para o modelo bíblico do discipulado que visa preparar pessoas maduras em Cristo, que sejam instrumentos úteis nas mãos do Senhor!
Além de tudo, o enfoque na oração se intensificou! Sem o Senhor nada podemos fazer!
Esperamos um tempo de visitação de Deus em nossa igreja e na Igreja brasileira!
Que o Senhor tenha compaixão de nós!
Ó Deus, converte o nosso coração a ti, para que te amemos sobre todas as coisas, para que cresçamos no discipulado, para que sejamos uma benção para este tempo!
Que o Senhor nos abençoe, em nome de Jesus, Amém!

Em Cristo,

Pr. Rosther.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here