Filho do pastor Victor Bet-Tamraz é condenado no Irã

0
197

O cristão é acusado de agir contra a segurança nacional, assim como os pais dele

O pastor Victor e a esposa foram sentenciados a 10 e 5 anos de prisão, respectivamente

O pastor Victor e a esposa foram sentenciados a 10 e 5 anos de prisão, respectivamente

Enfrentar a prisão por amor a Cristo é uma das consequências que os cristãos têm enfrentado desde os tempos bíblicos. No Irã, a família do pastor Victor Bet-Tamraz passa por isso desde que ele e a esposa foram condenados a 10 e 5 anos de prisão, respectivamente, por ações contra a segurança nacional. Agora, o filho do casal cristão, Ramiel Bet-Tamraz, de 35 anos, foi condenado a quatro meses de confinamento pelo mesmo “crime” dos pais. 

O cristão foi detido juntamente com outras quatro pessoas durante um piquenique nas montanhas de Alborz, norte de Teerã, no dia 26 de agosto de 2019. A irmã de Ramiel, Dabrina Bet-Tamraz contou que ele já cumpriu um mês da pena e se mantém forte, mesmo que a situação seja difícil para toda a família, principalmente para a esposa, Ninebra. De acordo com o site Article 18, o cristão seria transferido para a prisão de Evin, em Teerã no dia 7 de janeiro.

Dos outros cristãos detidos, Hadi Asgari recebeu a sentença de 10 anos de prisão e Amin Afshar-Naderi foi condenado a 15 anos. Já Amir-Saman Dashti e Ramiel foram punidos com quatro meses de reclusão. Dabrina reconheceu que o veredito do irmão foi leve em comparação com o dos outros seguidores de Jesus. “Perder apenas um dia na prisão, para alguém que não fez nada errado e não cometeu crime, é uma grande injustiça. Como família, nos sentimos preocupados e ansiosos, e esses três meses serão muito longos para ele e para nós”, revelou Dabrina em entrevista.

Os processos do pastor Victor e de Shamiram seriam revistos em uma audiência de apelação em 13 de novembro de 2019. Mas a sessão foi adiada porque o tribunal alegou estar “muito ocupado”. A filha do casal não vive mais no Irã, mas tem um advogado no país que trabalha como porta-voz dela, e ainda cuida dos casos da família e de outros cristãos presos injustamente.

Pedidos de oração

  • Ore para que o Senhor fortaleça Ramiel e os familiares dele. Que eles tenham esperança na justiça divina e coragem para testemunhar a Cristo mesmo na adversidade.
  • Interceda para que as autoridades do país sejam sábias e imparciais na questão de justiça, para que não criminalizem as pessoas que desejam exercer livremente a fé em Jesus.
  • Clame pelos demais cristãos presos injustamente no Irã, para que tenham nítidos os propósitos de Deus nesses momentos, e não deixem de ser testemunhas do amor do Senhor.

Fonte: Portas Abertas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here