Infiltração nas igrejas para doutrinar nossas crianças? Um alerta aos cristãos!

0
498

Sugestão foi feita por uma advogada de esquerda durante live, que viralizou.

Viralizou nas redes sociais, esta semana, o recorte de uma live realizada pela Revista Fórum, de viés esquerdista, onde uma mulher que se diz ex-evangélica aparece sugerindo a doutrinação de crianças dentro das igrejas, por meio da infiltração. Sobre isso, quero fazer algumas pontuações.

A mulher se trata da advogada Laura Astrolabio, que foi muito clara em sua mensagem aos telespectadores da live. Ela admitiu: “No mestrado eu cheguei a falar uma vez que a gente tinha que se infiltrar nas igrejas.”

Agora se declarando como candomblecista após ter supostamente vivido na igreja cristã por 30 anos, Laura relatou uma conversa, onde disse que é preciso retornar ao meio evangélico, mas com outras intenções.

“Não tem um terreiro que eu frequento, essas coisas, porque eu não sou religiosa, mas eu amo os orixás. Agora, que a gente tem que voltar para a igreja, ou ir para, a gente tem”, disse ela.

Na sequência da sua fala, então, Laura revelou a sua real intenção:

“Ela [questionou]: ‘Amiga, que ideia louca, como é que a gente vai fazer isso?’. A gente vai fazer. Aí ela falou assim ‘mas eles não vão querer escutar’. Quem disse que a gente vai falar para eles? A gente vai para a escolinha dominical. O que mais a igreja quer é sabe o quê? É pegar uma irmãzinha, um irmão, pra cuidar das crianças. Enquanto eles estão no culto, uma sala de aula, cheia de crianças.”

Alerta aos cristãos

A sugestão de Laura quanto à infiltração, seria para apresentar o que, segundo os esquerdistas, seria a visão correta de Jesus Cristo a partir de uma leitura histórica. Contudo, teologicamente falando, se trata nada mais do que uma interpretação do Evangelho pelo viés socialista/comunista. 

Nós, cristãos históricos e fiéis à Palavra de Deus, precisamos entender que a interpretação marxista das Escrituras Sagradas é uma distorção da Bíblia. Para a esquerda, Jesus não passou de um revolucionário político-social, tendo sido retratado como um “deus” apenas devido ao misticismo apocalíptico da sua época.

O evangelho marxista não enxerga Jesus como Deus encarnado, nem mesmo a sua morte e ressurreição como partes de um plano real de salvação espiritual. Toda batalha entre o bem e o mal, bem como a realidade espiritual, na perspectiva socialista/comunista, não passam narrativas socioculturais que teriam por objetivo a dominação política.

O que estamos lidando, portanto, é com a disseminação de uma heresia em nossas igrejas, e isso não vem de hoje. A proposta de infiltração dessa esquerdista, que chegou a citar um manual do terrorista Carlos Mariguella como exemplo a ser seguido, não é novidade para quem conhece o estrago feito pela Teologia da Libertação na América Latina, nas últimas décadas, incluindo o meio protestante.

Por fim, ainda assim precisamos ficar atentos aos novos métodos de infiltração maligna em nossas igrejas, como esse em que crianças são os grandes alvos, porque até então a influência negativa vinha sendo exercida principalmente nos seminários teológicos e atrás de alguns púlpitos.

Hoje, mais do que nunca, a Igreja de Cristo precisa se posicionar! A nossa luta espiritual não é travada apenas no templo físico, ou no silêncio das nossas casas, mas também na arena política, e a fala dessa esquerdista é mais uma prova de que se não acordarmos para a realidade, o estrago poderá ser muito maior!

Marisa Lobo é psicóloga, especialista em Direitos Humanos, presidente do movimento Pró-Mulher e autora dos livros “Por que as pessoas Mentem?”, “A Ideologia de Gênero na Educação” e “Famílias em Perigo”.

 FONTE: GUIAME, MARISA LOBO 

RETIRO IP SEMEAR 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here