Mãe de estrela da NBA diz que quase abortou seu filho, mas desistiu: “Deus tinha um plano”

0
528

Steph Curry é o maior arremessador da história em sua modalidade e possui o recorde da carreira da NBA para a maioria dos arremessos de 3 pontos.

Steph Curry, atleta do Golden State Warriors. (Foto: Keith Allison / Creative Commons)
Steph Curry, atleta do Golden State Warriors. (Foto: Keith Allison / Creative Commons)

Steph Curry, uma das estrelas de maior sucesso e mais bem pagas da NBA, poderia não ter nascido. Isso é o que revela a mãe do jogador de basquete em seu novo livro.

Segundo Sonya Curry, ela chegou a agendar um aborto quando estava grávida dele, mas acabou cancelando a consulta e manteve a gravidez.

PUBLICIDADE

Se Sonya tivesse concluído seu plano, o esporte seria privado de conhecer o maior arremessador da história em sua modalidade e de possuir o recorde da carreira da NBA para a maioria dos arremessos de 3 pontos.

Ao decidir gerar Steph, sua mãe também gerou um homem de fé. O armador do time Golden State Warriors diz que aprendeu cedo na vida que não podia viver somente debaixo da fé de seus pais. Ele se entregou a Jesus quando estava na oitava série do colégio, enquanto ouvia um pastor de jovens chamado Jason.

“Deus tinha um plano para aquela criança”, disse Sonya ao podcast apresentado pelo pastor Luke Norsworthy.

Em seu novo livro, “Fierce Love: A Memoir of Family, Faith, and Purpose”, Sonya conta a história de sua vida, incluindo a criação de dois futuros jogadores da NBA: Steph Curry do Golden State Warriors e Seth Curry do Brooklyn Nets.

“Se eu tivesse passado por isso, não teria havido Wardell Stephen Curry II”, disse ela no podcast, fazendo referência ao nome completo de Steph Curry.

O “Espírito”, disse ela, estava “intercedendo naquele momento de uma maneira que eu nem sabia que estava acontecendo no momento”.

Confiar em Deus

Sonya conta ainda que aquele teria sido seu segundo aborto.

“Não quero tomar essa decisão novamente”, disse ela, resumindo suas emoções na época. “E agora eu só tenho que confiar em Deus para seguir em frente comigo tendo esse filho.

“Estou me emocionando pensando nisso”, disse ela no podcast.

Sonya Curry disse que pensa em seu único aborto “o tempo todo”.

“Penso na minha primeira situação, e é sempre algo que vai ficar com você”, disse ela. “E você só quer saber onde ele ou ela está, o que ele ou ela está fazendo. Eu sei que eles estão no céu – eu acredito que ele ou ela está no céu.”

Sua fé cristã, disse ela, lhe dá força quando sente vergonha, diz.

“Há consequências para nossas decisões. Mas… não devemos viver com vergonha e julgamento para sempre. … E a única pessoa que pode realmente nos dar essa paz de espírito é Deus”, disse ela. “E Ele está esperando. Ele está lá para fazer isso.”

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN HEADLINES

RETIRO IP SEMEAR 2023
Artigo anteriorCarpinteiro cristão juntou US$ 3 milhões para enviar 33 alunos para faculdade
Próximo artigoNO DESERTO
Pastor Eli Vieira é casado com Maria Goretti e pai de Eli Neto. Responsável pelo site Agreste Presbiteriano, Bacharel em Teologia, Pós-Graduado em Missiologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, Recife-PE e cursando Psicologia na UNINASSAU. Exerce o seu ministério pastoral na Igreja Presbiteriana do Brasil desde o ano 1997 ajudando as pessoas a encontrarem esperança e salvação por meio de Jesus Cristo. Desde a sua infância serve ao Senhor, sendo educado por seus pais aos pés do Senhor Jesus que me libertou e salvou para sua honra e glória.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here