Mais de 1.800 soldados do Exército dos EUA se entregam a Jesus

0
272

A cada semana, aumenta o número de soldados das Forças Armadas do Missouri que aceitam Jesus.

A cada semana, mais soldados do Exército dos EUA se rendem a Jesus. (Foto: Facebook/Jose Rondon)
A cada semana, mais soldados do Exército dos EUA se rendem a Jesus. (Foto: Facebook/Jose Rondon)

Um avivamento está acontecendo na base do Exército dos Estados Unidos em Fort Leonard Wood, no Missouri. De acordo com o capelão Jose Rondon, mais de 1.800 soldados aceitaram Jesus Cristo desde março deste ano.

“Desde 11 de março de 2018, vimos 1.839 soldados se entregando a Cristo. Deus está fazendo um trabalho inacreditável através das forças armadas em Fort Leonard Wood”, disse Rondon no Facebook, destacando que só no último domingo (12), 380 oficiais aceitaram Jesus.

O capelão acredita que agir intencionalmente e pregar o Evangelho tem sido fundamental para as conversões. “Ser intencional não significa apenas pregar a Palavra de Cristo na capela, mas ser sensível ao Espírito Santo para compartilhar a mensagem de reconciliação quando o tempo se encaixar”, disse Jose ao site Baptist Press.

O major-general aposentado Doug Carver, diretor de capelania do Conselho de Missões da América do Norte, observa que homens e mulheres nas forças armadas estão com fome de Deus.


A cada semana, mais soldados do Exército dos EUA se rendem a Jesus. (Foto: Facebook/Jose Rondon)

“Nossas tropas, que estão cada vez mais famintas por verdade e relevância em suas vidas, estão encontrando uma fé que funciona, através de um relacionamento pessoal com o Senhor Jesus Cristo”, disse Carver. “O despertamento espiritual em Fort Leonard Wood indica que um grande movimento de Deus está acontecendo dentro das Forças Armadas hoje”.

Enquanto isso, Jose acredita que o número recorde de salvação é uma resposta de oração. “O Senhor é bom e deseja não somente nos reconciliar através de sua morte e ressurreição, mas também que o mundo inteiro saiba que Ele está fazendo grandes coisas nas forças armadas”, afirma.

“Ele continuará fazendo grandes coisas, em nós e através de nós, para a Sua glória em nossa sociedade tão necessitada de Cristo”, Jose acrescenta.

FONTE: GUIAME

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here