Missão treina cristãs ex-muçulmanas para liderar: “Estamos causando impacto no Reino”

0
607

As cristão recebem ferramentas para evangelizar. (Foto: Reprodução/Pexels/Asad Photo Maldivas)

O objetivo é que as formandas compartilhem o Evangelho por toda a região MENA (regiões do Médio Oriente e Norte da África), Turquia e Paquistão.

O Centro de Liderança MENA (MLC) capacita cristãos de origem muçulmana com formação prática e organizacional. Atualmente, o foco da instituição tem sido formar mulheres para liderarem no Oriente Médio e Norte de África.

Os formandos se tornam líderes nas suas comunidades onde buscam formas estratégicas de compartilhar o Evangelho por toda a região MENA (regiões do Médio Oriente e Norte da África), Turquia e Paquistão. 

Esse treinamento os ajuda a driblar as dificuldades que enfrentam devido às suas origens e ao local onde vivem.

A Dra. Jenn Murff explicou que muitas vezes as organizações podem se concentrar nas necessidades gerais. No entanto, a MLC se esforça para ouvir o que as pessoas precisam. 

“Vamos ouvir as necessidades. Então, para atender a isso, vamos trazer o melhor para fornecer instrução. Vamos ter certeza de que estamos causando um verdadeiro impacto no Reino”, disse ela.

Foco nas mulheres

A MLC observou que as mulheres estavam sendo desvalorizadas na formação de líderes. Portanto, Jenn informou que recentemente eles têm trabalhado para mudar essa perspectiva.

“Mais do que nunca, estamos vendo mulheres atendendo às necessidades da igreja a nível organizacional. É incrível ver o que Deus está fazendo”, afirmou ela.

Segundo a organização, essas novas líderes estão percebendo lacunas em seus órgãos eclesiais e querem intervir, mas precisam de formação. 

“Algumas das pessoas mais talentosas que conheci na vida são mulheres do MENA. Elas são fortes, resilientes e têm ótimas ideias. Elas só precisam das ferramentas”, contou Jenn.

Muitas mulheres que fazem parte do conselho da MLC defenderam esta necessidade e desempenharam papéis fundamentais nos novos programas. 

À medida que fornecem recursos, a organização viu Deus atrair novas mulheres.

“Estamos vendo cada vez mais mulheres não apenas adotando a fé, mas também assumindo a liderança”, afirmou Jenn. 

E concluiu dizendo: “Queremos dar as ferramentas para que possam exercer com sucesso o que Deus colocou diante delas. Então, tem que ser uma prioridade para nós. É aqui que Deus está. E queremos estar onde Deus está”.

Além de focar na formação da liderança feminina, a MLC abriu uma nova plataforma chamada “Powered by MLC”, que permite que ministérios realizem cursos e os ajuda a ganhar visibilidade.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE MISSION NETWORK NEWS

RETIRO IP SEMEAR 2023
Artigo anteriorEvangelista celebra 80 mil decisões por Jesus em cruzada, no Quênia
Próximo artigoCORAGEM PARA VIVER
Pastor Eli Vieira é casado com Maria Goretti e pai de Eli Neto. Responsável pelo site Agreste Presbiteriano, Bacharel em Teologia, Pós-Graduado em Missiologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, Recife-PE e cursando Psicologia na UNINASSAU. Exerce o seu ministério pastoral na Igreja Presbiteriana do Brasil desde o ano 1997 ajudando as pessoas a encontrarem esperança e salvação por meio de Jesus Cristo. Desde a sua infância serve ao Senhor, sendo educado por seus pais aos pés do Senhor Jesus que me libertou e salvou para sua honra e glória.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here