Nikolas Ferreira é alvo de investigação por dizer que homossexualidade é pecado

0
970

“A Bíblia está sendo criminalizada no Brasil”, alertou o deputado cristão.

O deputado federal Nikolas Ferreira (PL) se tornou alvo de mais um pedido de investigação após afirmar que homossexualidade é pecado.

Na segunda-feira (12), Nikolas comentou sobre a Parada do Orgulho LGBT nas redes sociais, dizendo que a homossexualidade não é doença, mas pecado.

“Aos homossexuais: o Senhor os ama e quer vocês vivendo segundo a vontade dele. Porque Ele te criou e sabe o que é melhor para você”, escreveu o deputado.

“Homossexualidade não é doença, é pecado. E para pecado não tem remédio, mas arrependimento. Arrependa-se. Lute contra o seu pecado e assuma sua verdadeira identidade. Isso vale para qualquer pecador. Eu só sou um mendigo contando a outro onde encontrar pão”.

“Crianças Transgêneros”

O parlamentar cristão também afirmou que não existem crianças transgêneros e criticou a influência ideológica de adultos em menores.

“Criança trans é igual cachorro vegano. Todo mundo sabe quem realmente está decidindo”, afirmou.

No Twitter, Nikolas ainda denunciou a presença de crianças em paradas LGBT, sofrendo insinuações sexuais.

“Vestir uma criança de policial e levar pro 7 de Setembro é extremismo. Levá-la pra igreja é fundamentalismo religioso. Levar uma criança pra parada LGBT é belo e moral”, criticou.

Após as declarações, o deputado Fábio Felix (PSOL) enviou uma representação ao Procurador da República no Distrito Federal, pedindo que Nikolas seja investigado.

Fábio alegou que o parlamentar cristão usou sua “suposta liberdade religiosa como pretexto para ofender minorias sexuais”.

Ataque à fé cristã 

Na Câmara dos Deputados, Nikolas se pronunciou sobre a representação contra ele.

“Isso não diz respeito somente a mim, mas a minha fé, e a maioria dos brasileiros. Eles não querem chegar até mim, eu não sou o principal alvo”, alertou, em vídeo no Instagram.

Para o deputado, a fé cristã está sendo atacada. “A Bíblia está sendo criminalizada no Brasil”, ressaltou.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE O GLOBO E O ANTAGONISTA

RETIRO IP SEMEAR 2023
Artigo anteriorCoreia do Norte celebra doutrinação de crianças
Próximo artigoO Cristianismo sob ataque
Pastor Eli Vieira é casado com Maria Goretti e pai de Eli Neto. Responsável pelo site Agreste Presbiteriano, Bacharel em Teologia, Pós-Graduado em Missiologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, Recife-PE e cursando Psicologia na UNINASSAU. Exerce o seu ministério pastoral na Igreja Presbiteriana do Brasil desde o ano 1997 ajudando as pessoas a encontrarem esperança e salvação por meio de Jesus Cristo. Desde a sua infância serve ao Senhor, sendo educado por seus pais aos pés do Senhor Jesus que me libertou e salvou para sua honra e glória.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here