PERMANEÇA FIRME EM DEUS

0
281

Texto: Gn 50.15-20

“Na caminhada da vida…
Sempre há muitos desafios, surpresas, tristezas e alegrias. A vida é feita assim… Às vezes nos deparamos com situações que nos afligem, nos fazem sentir e até mesmo chorar… Mas saiba por certo, que a cada momento da vida, cada lágrima caída, cada sorriso dado, estará tudo anotado no diário de Deus… E pode ter certeza que em nenhum segundo Ele esqueceu de anotar. Anotou suas lutas, seus choros, mas, com um detalhe, Ele não esqueceu de anotar o dia de sua vitória! Então deixe eu lhe dizer: não desista de seus projetos e sonhos, porque mesmo antes de eles serem projetados por você, já foram projetado e anotado por Deus!” (Desconhecido).

Mas, estamos vivendo uma época onde o homem é tão soberbo, que parece que Deus é um igual nós, se não, pelo menos de alguém superior, mas que tem de prestar conta de seus atos. Como se dissessem: “nós permitimos que você exista, desde que seus atos como Deus estejam dentro dos nossos padrões! Queremos que você seja um Deus de amor e respeite nosso livre arbítrio”. Isto, foi exatamente o que Erasmo de Roterdã, um teólogo católico humanista, disse a Lutero numa discussão que travaram sobre a doutrina bíblica da Eleição. Erasmo, defendendo o livre arbítrio, disse a Lutero: “Deixa Deus ser amor! Ao que Lutero, defendendo a livre e soberana vontade de Deus em escolher os seus, respondeu: “Deixa Deus ser Deus!”

Observe bem esta frase: “Deus é completamente livre e absoluto, fazendo tudo segundo o conselho de sua própria vontade que é reta e imutável…” Lembre-se, nós estamos falando de um DEUS! Às vezes, não nos damos conta disso,

Quando olhamos para a vida de José podemos tirar algumas lições para as nossas vidas como cristãos hoje, para que assim possamos viver nesta atualidade tão desafiadora, pois este é melhor dos tempos e o pior dos tempos.

1-QUANDO NÃO HÁ PERSPECTIVA DE FUTURO ( Gn. 37.23-28, 39.1ss; 40,23)

PORQUE NÃO PODEMOS LIMITAR O AGIR DE DEUS -José foi vendido pelos seus irmãos por vinte siclos de prata aos ismaelitas Gn. 37.28; José foi acusado pela mulher de Potifar Gn 39.1ss; José foi esquecido pelo copeiro-chefe depois que saiu da prisão 40.23. Porém, o Senhor era com José:

“O Senhor era com José, que veio a ser homem próspero; e estava na casa de seu senhor egípcio”.“E nenhum cuidado tinha o carcereiro de todas as coisas que estavam nas mãos de José, porquanto o Senhor era com ele, e tudo o que ele fazia o Senhor prosperava”(Gênesis 39.2,23).

José permaneceu firme em Deus mesmo diante das dificuldaades da vida. Mesmo quando diante dos olhos humanosnão havia perspectivas, ele estava firmado em Deus.

            A Revista TIME de Abril de 1986 publicou um artigo sobre HOMENS SEM PERSPECTIVA DE FUTURO:
a) Bethoven – “Esse jovem tem uma maneira estranha de manusear o violino. Prefere tocar suas próprias canções ao invés de aprimorar suas técnicas”. Seu professor o qualificou como SEM ESPERANÇA como compositor.
b) Walt Disney – Foi despedido por um editor de um jornal por FALTA DE IDÉIAS. Walt Disney foi à falência várias vezes.
c) Thomas Alva Edson – Seu professor lhe disse que ele era muito estúpido para aprender qualquer coisa. Registrou a patente de mais de 1.000 invenções.
d) Albert Einstein – Sua tese de doutorado em Bonn foi considerada irrelevante e sofisticada. Alguns anos depois seria expulso da Escola Politécnica de Zurich.
e) Luiz Pasteur – Foi apenas um estudante medíocre. Em Química foi colocado em décimo quinto lugar num grupo de 22. Inventou a penicilina.
f) Henry Ford – O primeiro a fabricar carros em série. Foi à falência cinco vezes antes de ser bem-sucedido nos seus negócios.

Vincent van Gogh -O reconhecimento de suas obras veio somente após sua morte. Durante sua vida, ele vendeu apenas uma pintura “O Vinhedo de Vermelho” por uma quantia não muito significativa. Detalhe, o comprador era um amigo. O pintor pós-impressionista holandês passou fome, viveu em barracos e foi rejeitado pela crítica e artistas da época. Mas, durante o período de dez anos, van Gogh produziu mais de 800 pinturas. Curiosamente, ele chegou a se enveredar pela carreira de pastor como seu pai. “O Retrato de Dr. Gachet” foi vendido a um colecionador japonês por 82,5 milhões de dólares em 1990.

Não deixe as críticas e os pessimistas coloquem medo no seu coração. Fuja dos críticos e enfrente e vença os gigantes.

No livro de Josué podemos contemplar Israel conquistando vencendo os inimigos, conquistando outros povos, mas em um dia ao enfrentar a pequena cidade de Ai, Israel foi derrotado (Josué 7), pois Acã havia desobedecido a palavra de Deus.

Não podemos ficar apenas olhando para as vitórias do passado, como era a nossa vida de comunhão com o Senhor, mas precisamos continuar a cada momento conhecendo a Deus, firmados mais e mais nEle através de uma vida de comunhão, isto é, da oração e jejum, para vencermos os nossos desafios.

Para vencer hoje, não permita que o seu coração lhe engane, fazendo-o pensar que as vitórias do passado vão lhe garantir vitórias hoje. mas permaneça firme nas promessas do Senhor e no Deus das promessas.

2- PORQUE O DEUS SOBERANO ESTÁ NO CONTROLE DE TUDO (Gn 39.2-23; 41.51,52; I Cr 29.10-13)

Quando olhamos para a vida de José, ele tinha tudo para ser um homem triste, depressivo, desanimado, murmurador, cheio de reclaque, etc., pois quando ele era adolescente foi abandonado e vendido por seus irmãos, acusado falsamente pela esposa de seu senhor Potifar, esquecido na prisão por seu amigo, contudo José não deixou de confiar em Deus, de permanecer firmado no Senhor, de depender totalmente do Senhor.

O pastor Jonathan Edwards disse: “a glória de Deus está na dependência do homem”, assim podemos contemplar a grandeza de José, pois ele era um homem totalmente dependente de Deus.

Ao lermos a biografia do herói da fé Jorge Muller, podemos aprender muito sobre sua firmeza no Senhor através do seu exemplo de oração e fé. Conta-se que certa vez o Dr. A. T. Pierson foi hospede de Jorge Muler no seu orfanato. Depois que todos se deitaram, Jorge Muler o chamou para orar dizendo que não havia coisa alguma em casa para comer. Dr. Pierson quis lembrar-lhe que o comércio estava fechado, mas Jorge Muler bem sabia disso. Depois da oração deitaram-se, dormiram e ao amanhecer a alimentação já estava suprida e em abundância para duas mil crianças.

Nem o Dr. Pierson, nem Jorge Muler chegaram a saber como a alimentação foi suprida. A história foi contada naquela manhã só Sr. Simão Short sob a promessa de guardá-la em segredo até o dia da morte do benfeitor.

O Senhor despertara essa pessoa do sono e o chamara para levar alimentos suficientes para suprir o orfanato durante um mês, isso sem ele saber coisa alguma da oração de Jorge Muler e Dr. Pierson.

Jorge Muler  disse: “Muitas vezes tenho-me colocado na posição onde não tinha recursos; não só com 2100 pessoas comendo diariamente as mesas, mas também todo o resto necessário para suprir, e todos os fundos esgotados, 189 missionários para sustentar e sem coisa alguma; cerca de cem colégios com mais ou menos 9000 alunos e sem nada na mão; quase quatro milhões de tratados para distribuir e todo dinheiro gasto”, só lhe restava orar e confiar na providência divina, e Deus nunca o deixou abandonado.

Não obstante as circunstâncias adversas, José permaneceu firmado em Deus e depois de treze anos de momentos difíceis a história de José começou a mudar. O faraó teve um sonho, José foi lembrado e convidado para interpretar o sonho do Faraó. Ele saiu da cadeia interpretou o Sonho, foi promovido. Se casou com Asenate e teve dois filhos Manassés disse: Deus me fez esquecer de todos os meus trabalhos e de toda casa de meu pai” e o segundo Efraim, e disse: “Deus me faz prosperar na terra da minha aflição”

Ao ser promovido como o segundo homem mais importante do Egito, não permitiu que o orgulho dominasse a sua vida, mas continuou firmado em Deus. Não se vingou dos seus irmãos depois da morte de seu pai, mais reconheceu a providência divina em sua vida Gn 50.18-21.

Em nosso viver precisamos depender de Deus em nossa caminhada, certos de que é ele quem engrandece e humilha (I Sm 2.7; Isaías 2.12), e que sem ele nada somos (Jo 15.5).

Ao olharmos, para o jovem Davi, cuidando das ovelhas de seu pai, quem poderia dizer que ele um dia seria rei? Mas Deus estava preparando-o para ser o grande rei de Israel. Pois, foi o Senhor quem o tirou do meio das malhadas como nos diz a sua palavra: “Agora, pois, assim dirás ao meu servo Davi: Assim diz o Senhor dos Exércitos: Tomei-te da malhada e de detrás das ovelhas, para que fosses príncipe sobre o meu povo de Israel. E fui contigo, por onde quer que andaste, eliminei os teus inimigos diante de ti e fiz grande o teu nome, como só os grandes têm na terra”( I Cr 17.7,8).

E, Davi, como um homem segundo o coração de Deus, disse: “Teu, Senhor, é o poder a grandeza, a honra, a vitória e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu Senhor, é o reino, e tu te exaltaste por chefe sobre todos. Riquezas e glórias vêm de ti, tu dominas sobre tudo, na tua mão há força e poder; contigo está o engrandecer e a tudo da força”(I Cr 29.11,12). 

Meus irmãos, nós precisamos ter a mesma visão e viver na dependência de Deus, assim como José e Davi permaneceram firmados em Deus em momentos difíceis, pois eles tinham a certeza de que nada foge do controle do Senhor, só ele é digno de honra e glória, assim podemos dizer, somente a glória de Deus.

3- PORQUE DEUS PODE TRANSFORMAR O MAL EM BÊNÇÃO ( Gn 50.20; 2 Rs 19.32-37; 2 Cr 20.1-30)

RECONHEÇA QUE A SUA GRANDEZA ESTÁ EM DEUS Cada vitória deve nos levar para mais perto de Deus e não para distante dEle.

Depois de vários anos de lutas e dificuldades avida de José mudou. Ele saiu da prisão para se tornar o segundo homem mais importante do Egito em seu tempo, mesmo assim ele permaneceu firme no Senhor. Porque ele sabia que o que acontecera em sua vida fazia prte do propósito divino “Vocês, na verdade, planejaram o mal contra mim; porém Deus o tornou em bem, para fazer, como estão vendo agora, que se conserve a vida de muita gente” (Gênesis 50:20).

Assim como podemos ver o exemplo de Davi  1 Crônicas 29.1-13.

O rei Ezequias  decidiu depender do Senhor diante das afrontas do rei da Assíria (2 Rs 18.19-37; 19.1-34), ele se voltou para o Deus,  consultou o profeta Isaías, o qual o consolou e o aconselhou a confiar tão somente em Deus. Ezequias orou e confiou em Deus e não se deixou levar pelas ameaças, e Deus lhe concedeu vitória, como nos diz a sua palavra: “Então naquela mesma noite, saiu o Anjo do Senhor e feriu, no arraial dos assírios, cento e oitenta e cinco mil; e, quando se levantaram os restantes pela manhã, eis que todos estes eram cadáveres”(2 Rs 19.35).

Como homens e servos de Deus não estamos isentos de enfrentarmos lutas, mas se queremos vencer precisamos fazer como Josafá fez diante de inimigos que se levantara contra ele. O rei Josafá admitiu a sua fraqueza, se derramou perante o Senhor e ouviu o seu servo Jaaziel e Deus lhe concedeu vitória (2 Cr 20.1-30). Josafá nos ensina que diante dos inimigos, das dificuldades, nós precisamos buscar a Deus com todo o nosso ser, certos de que ele nos ouvirá, como também devemos confiar na palavra de Deus, pois o nosso Deus é fiel e zela por sua palavra.

Meus irmãos o Deus que deu vitória a Ezequias e a Josafá, é o nosso Deus, nele precisamos confiar sem duvidar, mas quando ele te abençoar, reconheça o seu poder gracioso para contigo e renda glórias ao seu nome. Como nos ensina o salmista Davi: “bendize, ó minha alma, ao Senhor e não te esqueças de nenhum só de seus benefícios”(Sl 103.2).

Portanto, meus irmãos, devemos seguir independente das circunstâncias que nos cercam permanecer firmados em Deus, assim como podemos ver o exemplo de José. O mesmo Deus que ouviu as orações de Jorge Muler e lhe deu grandes vitórias também é o nosso Deus. Precisamos viver cada dia em comunhão com Ele, independente das circunstâncias, na certeza de que com ele somos mais que vencedores. Somente a glória de Deus.

Pastor Eli Vieira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here