Prédios de igrejas em toda a Europa estão sendo ‘convertidos’ em locais de entretenimento

0
486
Igreja em Bruxelas transformada em boate de nome ‘Spirito’. (Foto: Spirito)

Edifícios estão sendo ‘reaproveitados’ para casas noturnas e hotéis, à medida que a frequência diminui para mínimos impressionantes.

O declínio do cristianismo em toda a Europa está resultando no abandono ou conversão de igrejas em locais de entretenimento, segundo informa a Fox News.

“Isso é doloroso. Não vou esconder. Por outro lado, não há retorno possível ao passado”, disse o bispo de Antuérpia, na Bélgica, à Associated Press.

Os comentários do bispo Johan Bonny chegam em um momento em que as igrejas de seu país e da Europa estão cada vez mais abandonadas, um sintoma do declínio do cristianismo no continente, que historicamente desempenhou um papel fundamental na propagação da fé cristã em todo o mundo.

Em alguns casos, igrejas têm sido convertidas em estabelecimentos como lojas de roupas, boates e hotéis.

Um exemplo disso ocorreu em Mechelen, na Bélgica, onde a Igreja do Sagrado Coração foi fechada por dois anos, enquanto o prédio está sendo transformado em um café e uma sala de concertos, com a intenção de tornar-se em “um novo ponto cultural no coração de Mechelen”.

Queda em número de fiéis

Um estudo da Pew Research de 2018 mostrou que, embora 83% dos belgas digam que foram criados como cristãos, apenas 55% ainda seguem a religião. Enquanto isso, apenas 10% dos belgas dizem que frequentam regularmente os cultos.

O reaproveitamento de algumas das maiores igrejas e catedrais da Bélgica em locais com finalidade comercial é uma tendência não é exclusiva daquele país. Igrejas da Itália e da Alemanha também enfrentam o mesmo problema.

No entanto, essa tendência é mais notável em Flandres, a região de língua holandesa no norte da Bélgica, onde as cidades costumavam ter em média seis igrejas. Atualmente, os líderes locais afirmam que alguns desses edifícios se tornaram um desafio e um fardo financeiro para as autoridades municipais. Por esse motivo, está ocorrendo um movimento para converter esses prédios em negócios comerciais.

“Na minha cidade, temos uma cervejaria em uma igreja, temos um hotel em uma igreja, temos um centro cultural em uma igreja, temos uma biblioteca em uma igreja”, disse o prefeito de Mechelen, Bart Somers, que está liderando o processo de reaproveitamento cerca de 350 igrejas em toda a Flandres, à Associated Press. “Portanto, temos muitos novos destinos para as igrejas.”

Objetos sacros

Em Mechelen, um dos projetos realizados foi a transformação da igreja em um hotel chamado Martin’s Patershof. O interior da igreja foi remodelado para criar quartos com camas que possuíam cabeceiras que lembravam tubos de órgão. Além disso, uma sala de café da manhã foi instalada próxima ao antigo altar.

Quarto do Martin’s Hotel em igreja desocupada. (Foto: Martin’s Hotel)

“Muitas vezes ouvimos que as pessoas vêm aqui para relaxar e desfrutar do silêncio de sua antiga identidade”, disse a gerente do hotel Emilie De Preter à Associated Press.

“No hotel, as pessoas dormem em uma igreja, talvez façam sexo em uma igreja. Então você poderia perguntar: eticamente, é uma boa ideia ter um hotel em uma igreja? Não tenho tantas hesitações”, continuou Somers. “Estou mais preocupado com o valor arquitetônico real.”

Enquanto isso, a igreja de Santo Antônio de Pádua em Bruxelas foi transformada no clube de escalada Maniak Padoue, preservando muitos dos antigos elementos da igreja que ainda estão visíveis e expostos no local.

“O vitral traz uma luz quente e brilhante para o local quando o sol passa por ele, então podemos realmente sentir a presença dos restos da igreja”, disse Kyril Wittouck, cofundador do clube, ao The Imprensa Associada. “O altar ainda está no lugar, então estamos cercados por restos e isso nos lembra onde realmente estamos.”

Em Bruxelas, outra transformação ocorreu quando uma antiga igreja anglicana foi convertida na boate Spirito. O estabelecimento adotou como logotipo a representação de um padre beijando uma freira.

‘Renascimento da fé’

Mas existem muitas pessoas que não estão satisfeitas com a forma como as antigas igrejas estão sendo tratadas e transformadas.

Porém, o bispo Bonny também acredita que o momento é temporário, apontando para o longo arco da história e argumentando que um potencial renascimento da fé na Europa ainda pode acontecer.

“A cada 300 anos, quase tínhamos que começar de novo”, disse Bonny. “Algo novo, tenho certeza, vai acontecer. Mas leva tempo.”

“Esses são lugares para contemplação”, disse Bonny. “E não é exatamente sobre isso que o cuidado da igreja deveria ser?”

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA FOX NEWS

RETIRO IP SEMEAR 2023
Artigo anteriorA Marca UBER
Próximo artigoUMA VIDA COM DEUS
Pastor Eli Vieira é casado com Maria Goretti e pai de Eli Neto. Responsável pelo site Agreste Presbiteriano, Bacharel em Teologia, Pós-Graduado em Missiologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, Recife-PE e cursando Psicologia na UNINASSAU. Exerce o seu ministério pastoral na Igreja Presbiteriana do Brasil desde o ano 1997 ajudando as pessoas a encontrarem esperança e salvação por meio de Jesus Cristo. Desde a sua infância serve ao Senhor, sendo educado por seus pais aos pés do Senhor Jesus que me libertou e salvou para sua honra e glória.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here