Rabino e professor de física dizem que “mão de Deus” protege Israel de mísseis

0
98

O rabino Yitzchok Adlerstein. (Foto: Reprodução/CBN News).

O professor Maximilian Abitbol, especialista em defesa militar, disse que é cientificamente impossível alcançar uma taxa de defesa quase perfeita de 99,9%.

No ataque do Irã contra Israel na semana passada, o exército israelense conseguiu se proteger dos mais de 300 drones e mísseis lançados em seu território.

Com a ajuda dos Estados Unidos, Reino Unido e Arábia Saudita, os militares abateram 99% dos projéteis, surpreendendo o mundo todo.

Muitos elogiaram a capacidade militar e os avanços em tecnologia defensiva de Israel. Mas, o sentimento entre os israelenses – mesmo que a maioria não seja religiosa – é que a nação foi abençoada com a proteção divina, conforme a CBN News.

O rabino Yitzchok Adlerstein, do Centro Simon Wiesenthal, ressaltou que acredita que o Senhor está defendendo Israel de seus inimigos hoje.

“Todos nós fomos testemunhas de nada menos que um milagre de proporções bíblicas”, afirmou ele, em entrevista à CBN News.

Segundo o colunista de tecnologia Hillel Fuld, não é apenas os líderes religiosos que veem a mão de Deus protegendo Israel.

Sem explicação científica

O professor de física Maximilian Abitbol diz que não há explicação científica para as forças israelenses e seus aliados conseguirem se defender dos mísseis e drones com uma taxa quase perfeita de 99,9%.

Maximilian, que também é especialista na indústria de defesa militar, observou que fisicamente não há como alcançar essa taxa de sucesso sem a intervenção divina. O professor chegou a calcular a probabilidade.

“É muito mais que um sentimento. Algo que resulta de um cálculo real: o que aconteceu em Israel no último Motzaei Shabat não foi menor que a escala da divisão do Mar Vermelho”, afirmou ele, em publicação no X. 

“Quando olho para o que aconteceu no Motzai Shabat, em nível científico, isso simplesmente não pode acontecer! Os gestores das indústrias de defesa, que desenvolvem e fabricam estes sistemas, não garantem mais de 90% de sucesso! Mesmo que tivéssemos 90% de proteção teria sido um milagre! O que aconteceu é que todos, mas todos – os pilotos, os operadores de sistemas e os operadores de tecnologia agiram como um só homem, num momento em total unidade. Se isto não for um ato de D’us, então não sei mais o que é um milagre”, acrescentou.

https://publish.twitter.com/?url=https://twitter.com/HilzFuld/status/1780642231604466027#

O ataque

Na manhã do dia 14, Israel foi inundado com o som de alarmes de ataque aéreo, quando o Irã realizou uma missão de vingança sem precedentes, lançando centenas de drones, mísseis balísticos e mísseis de cruzeiro.

O contra-almirante Daniel Hagari afirmou que o Irã lançou 170 drones, mais de 30 mísseis de cruzeiro e mais de 120 mísseis balísticos. Vários desses mísseis balísticos atingiram o território israelense, resultando em danos menores a uma base aérea.

A ação levou o Oriente Médio a um cenário mais próximo de uma guerra regional. Um porta-voz militar relatou que mais de 300 lançamentos foram efetuados, mas que 99% deles foram interceptados com sucesso.

Fonte: Guiame, com informações de CBN News

RETIRO IP SEMEAR 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here