Revolta violenta na Índia deixa 73 cristãos mortos e quase 400 igrejas destruídas

0
635
Igrejas são queimadas e cristãos atacados na Índia. (Foto: Captura de tela/YouTube CBN News)

“Seja violência étnica ou religiosa, parece que o governo indiano está sempre negligenciando”, disse um missionário.

Continuam os conflitos étnicos e religiosos no estado de Manipur, no Nordeste da Índia, que está afetando de forma cada vez mais séria os cristãos. 

Durante ataques violentos que já duram semanas, pelo menos 73 cristãos foram mortos e quase 400 igrejas destruídas.

Conforme a CBN News, a violência foi provocada por planos do governo de dar status privilegiado à comunidade Meitei, de maioria hindu, na região de Imphal Valley.

‘Se você não é hindu, você não é indiano’

David Curry, presidente e CEO da Global Christian Relief disse à CBN News que os cristãos — que representam cerca de 40% da população da região — foram os que mais sofreram

“Acho que os ataques foram realmente conduzidos pelo governo central”, continuou ao explicar que o partido BGJ fez com que o cristianismo fosse visto como algo que não faz parte da Índia.

“Parece que a mensagem deles é ‘se você não é hindu, você não é indiano’ e isso permitiu essa escalada de violência contra cristãos e as igrejas”, disse ainda.

‘Parece que o governo indiano está sempre negligenciando’

“Uma fonte não identificada disse ao Christian Post que 397 igrejas e 6 instituições cristãs foram queimadas, danificadas ou destruídas”, compartilhou o veículo. 

“Independentemente de como eles enquadram isso, seja violência étnica ou religiosa, parece que o governo indiano está sempre negligenciando e até mesmo, em alguns casos, encorajando a violência contra os cristãos na Índia”, acrescentou Curry. 

“Temos evidências em vídeo que mostram a polícia ajudando os manifestantes a atacar as igrejas. Temos que olhar para o que eles fazem, não para o que eles dizem. O governo central e o governo local parecem estar de acordo com os manifestantes que atacam igrejas e indivíduos cristãos”, concluiu.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA CBN NEWS

RETIRO IP SEMEAR 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here