Tradutores da Bíblia no Sudão pedem orações pelo fim da guerra: “Precisamos trabalhar”

0
449
Missionários no Sudão pedem orações. (Foto representativa: MNN)

“Deus é quem pode intervir. Ele levanta nações e as abate”, disse um missionário.

A violência continua crescendo em meio à guerra no Sudão. Os confrontos entre o Exército e um grupo poderoso de paramilitares já deixaram milhares de mortos e de feridos. 

A Igreja e seus trabalhos foram drasticamente afetados e os cultos foram cancelados como medida de segurança dos cristãos. Os pedidos de cessar-fogo dos mediadores dos EUA e da Arábia Saudita fracassaram, conforme notícias do Mission Network News (MNN). 

Até agora, mais de 2,5 milhões de sudaneses tiveram que fugir de seu país. Homens armados das Forças de Apoio Rápido de Guerrilha (RSF) abrem fogo rotineiramente contra multidões enquanto fogem, relatam as Nações Unidas.

“Não sabemos a extensão do que está acontecendo, mas sabemos que civis estão sendo mortos”, diz Arne (nome fictício por motivos de segurança). Arne supervisiona o trabalho de tradução da Bíblia na região. 

‘Tradução da Bíblia interrompida’

A guerra interrompeu o desenvolvimento do projeto árabe sudanês da Word em meados de abril. “Não temos muito trabalho acontecendo dentro do Sudão. Está intransitável”, diz Arne.

Cinco membros da equipe estavam presos em Cartum quando os combates começaram. Os tradutores estão em local seguro agora, mas “é muito difícil e estressante para esses homens pensar sobre o que pode estar acontecendo com suas famílias”, continuou. 

“Várias pessoas da equipe árabe sudanesa têm família em Darfur, o que tem sido especialmente preocupante para eles. Dois membros da equipe são rapazes e têm famílias jovens; uma esposa e um ou dois filhos”, descreveu.

Pedido de oração

Arne conta que ninguém sabe onde estão seus familiares, em que condições ou se algo de ruim aconteceu a eles. 

“Ore para que os cristãos possam se reunir com suas famílias em breve. Ore pelo fim imediato da guerra no Sudão. Estamos pedindo a Deus que resolva essa situação para que possamos continuar a trabalhar nesta região”, disse.

Para o missionário, só Deus pode mudar o rumo das coisas como estão: “Deus é quem pode intervir. Ele levanta nações e as abate”, concluiu. 

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA MISSION NETWORK NEWS

RETIRO IP SEMEAR 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here