Igreja é incendiada por multidão após Bíblias serem destruídas, na Índia

0
488

Temor é de que o primeiro-ministro indiano queira estabelecer uma pátria hindu com o banimento das minorias religiosas.

Os cristãos estão enfrentando crescente perseguição e violência na Índia de maioria hindu (Foto: Reprodução/Getty)
Os cristãos estão enfrentando crescente perseguição e violência na Índia de maioria hindu (Foto: Reprodução/Getty)

Os cristãos de uma igreja de uma pequena vila foram forçados a fugir para uma selva próxima quando uma multidão de radicais hindus cercou o prédio e o queimou até o chão.

o ataque marcou o mais recente exemplo de violência inspirada pela intolerância religiosa na Índia, governada por Narendra Modi.

Os fiéis haviam sido alvo de assédio nos dias que antecederam o ataque criminoso, com extremistas tirando Bíblias de suas mãos e os ameaçando.

Nos últimos anos, o governo nacionalista hindu da Índia tem preocupado os cristãos, muçulmanos e outras religiões minoritárias com seu afastamento do governo secular.

Muitos temem que o primeiro-ministro Modi queira estabelecer uma pátria hindu na qual seguidores de outras religiões sejam completamente marginalizados.

O primeiro-ministro Modi inaugurou uma fase do nacionalismo hindu radical. (Foto: Reprodução/Getty)

Extremistas hindus atacaram cristãos na vila de Perigaon, no distrito de Rayagada, estado de Odisha, em 24 de novembro, invadindo a igreja durante um culto de domingo, relata o site persecution.org.

Acredita-se que os membros do Rashtriya Swayamsevak Sangh (RSS), grupo secreto de hindus hardcore da Índia, sejam responsáveis.

O pastor Bibhudan Pradhan, que liderava as orações, alegou que a congregação estava ameaçada antes que os membros fossem seguidos para casa.

Ele disse que confiscaram suas Bíblias e outros livros cristãos antes de queimá-las.

Orações proibidas

Eles também alertaram contra a realização de mais reuniões de oração na vila.

Uma semana depois, em 1º de dezembro, a mesma multidão interrompeu o culto de domingo, desta vez atacando a igreja.

Eles atearam fogo no teto de palha enquanto cristãos aterrorizados fugiam para uma floresta próxima para procurar refúgio, temendo que o RSS os atacasse também.

O incidente foi relatado à polícia local.

Desde que o partido no poder tomou o poder, em 2014, nacionalistas hindus atacaram cristãos impunemente.

Os extremistas veem os seguidores de Jesus Cristo como estranhos ao país.

Aqueles que se converteram do hinduísmo ao cristianismo também enfrentam perseguição, discriminação e violência.

No ano passado, o corpo de um pastor foi encontrado pendurado no teto de sua casa no distrito de Kanchipuram.

Ele reclamou à polícia sobre a oposição dos radicais hindus.

Sua morte levantou suspeitas, pois parecia que seu corpo havia sido amarrado depois que ele morreu.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO EXPRESS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here