Após abençoar Copa América, pastor é alvo de críticas: “Não me envergonho do Evangelho”

0
1193

Emilio Agüero Esgaib na abertura da Copa América 2024. (Foto: Reprodução/Facebook/Emilio Agüero Esgaib)

O pastor Emilio Agüero Esgaib declarou o nome de Jesus para 72 mil pessoas enquanto a cerimônia era transmitida para 190 países.

Depois de orar em nome de Jesus na cerimônia de abertura da Copa América 2024, em Atlanta, nos Estados Unidos, o pastor Emilio Agüero Esgaib foi criticado por sua postura cristã.

Após as críticas que surgiram de alguns setores, Emilio pediu desculpas à mídia por não ter concedido entrevistas.

“Peço desculpas à mídia que está tentando me destacar. Não farei isso a pedido da minha família. Os ataques são intensos e qualquer palavra proferida, por mais conciliatória que seja, só irá gerar mais ódio”, escreveu o pastor no X.

E continuou: “Não tenho vergonha do evangelho, é o poder de Deus para a salvação”.

https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2FPastorWillGraham%2Fposts%2Fpfbid0ToLAjE1obeiNisQrXmHxEUhAndAfb9Bi8Sm4demiQR2FwBqKykFZdxe11fuopVVVl&show_text=true&width=500

O pastor paraguaio da igreja “Más Que Vencedores” recebeu muitos elogios por exaltar o nome de Cristo no evento esportivo. Porém, também foi alvo de intensas críticas, inclusive de setores políticos de seu país.

Diante da polêmica, Emilio destacou: “O que mais me emocionou foi o ‘Amém’ que gritaram no Estádio com 72 mil pessoas. Foi transmitido em 190 países. Fico feliz que a bênção da Copa América tenha gerado tudo isso num continente eminentemente cristão que deve voltar às Escrituras. Muita gente está agradecida por esse tempo. Mas percebi que muitos não foram apreciados”.

“Nem todos vão entender. Cada um alega ser ‘sábio na sua própria opinião’. Cada um dará conta de Deus dos seus atos. Não disse nada antibíblico, nomeei Cristo, não me envergonhei do Evangelho nem do meu Senhor”, acrescentou ele.

Lo que más me emocionó fue ese ¡Amén! que se grito en el Estadio con 72 mil almas al terminar la bendición. Fue transmitida en 190 países. Un mensaje de paz, concordia y perdón. Mucha gente agradecida por ese tiempo. Pero entiendo que a muchos no les haya gustado. #JesusIsLord pic.twitter.com/tFBwgGMPbp— Emilio Agüero Esgaib (@emilioaguero) June 21, 2024

A Copa América

Na última quinta-feira (20), ocorreu a cerimônia de abertura da Copa América 2024. Na ocasião, o declarou:

“Deus abençoe a América. A mensagem de Cristo ainda é válida hoje e Ele nos chamou à paz, à compreensão e ao perdão. Creia, porque para quem crê, tudo é possível. Essas palavras nos incentivam a não desanimar, a acreditar grande e acreditar que tudo pode ser feito. Deus abençoe todas as nações da América, cada equipe e cada atleta, todos os torcedores e líderes, e todas as famílias do continente. Em nome de Cristo Jesus, amém”.

O vídeo dos pastores orando no gramado viralizou nas redes sociais. O líder Emilio Agüero é um ex-campeão de kick boxing.

Apelidado de “O Destruidor”, o lutador conquistou seis títulos nacionais e dois internacionais e foi eleito o Melhor Jogador do Ano por quatro anos consecutivos, entre 1994 e 1997.

Aos 27 anos, Emilio usou um manto com a frase “Lutador de Cristo” durante uma luta. A ação repercutiu e ele foi convidado para pregar em uma escola.

Foi assim que seu ministério como evangelista começou. Mais tarde, ele deixou a carreira no esporte para se dedicar integralmente a sua chamada.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE EVANGELICO DIGITAL

RETIRO IP SEMEAR 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here