Mais de 1300 igrejas deixam a Metodista Unida por doutrina LGBT

0
483

A White’s Chapel de Southlake, no Texas, votou para deixar a Igreja Metodista Unida. (Captura de tela: YouTube/Drone Star State)

A maioria das igrejas que votaram para sair da UMC planeja se juntar à recém-criada Igreja Metodista Global (GMC).

Os órgãos regionais da Igreja Metodista Unida (UMC, sigla em inglês), no Texas, votaram no fim de semana para aprovar a desfiliação de centenas de igrejas, com a maioria planejando se juntar à recém-criada Igreja Metodista Global (GMC).

O número total de congregações que saíram da UMC inclui 294 das 598 igrejas pertencentes à Conferência Central do Texas, com sede em Houston, e 145 das 201 igrejas pertencentes à Conferência do Noroeste do Texas, com sede em Lubbock, informou o The Dallas Morning News.

As igrejas que saíram formam quase a metade de todas as congregações da UMC no Texas e se somam a centenas em outros estados que tiveram suas saídas confirmadas por seus órgãos regionais.

Toda essa movimentação gira em torno do polêmico debate enfrentado pela UMC por sua posição oficial sobre a homossexualidade, conforme estabelecido em seu Livro de Disciplina, que proíbe a bênção de casamentos de pessoas do mesmo sexo, além da ordenação de homossexuais não celibatários.

Frustração conservadora

Embora os liberais teológicos tenham falhado em mudar a postura oficial, muitos líderes se recusaram a aplicar ou seguir as regras, levando a muita frustração entre os conservadores teológicos, diz o Christian Post.

Como exemplo, citam a eleição da Reverenda Karen Oliveto como bispa da UMC Mountain Sky Area. Enquanto Oliveto está em um casamento gay e teve sua eleição declarada inválida pelo Conselho Judicial Metodista Unido em 2017, a partir deste mês, ela permanece no cargo.

Saída será ainda maior

Mark Tooley, chefe do teologicamente conservador do Instituto de Religião e Democracia, conta as igrejas que deixaram a UMC nos últimos meses para mais de 1.300 em um artigo recente, com a expectativa de mais abandonos.

“Até o final do próximo ano (o prazo para sair com a propriedade da igreja), pelo menos 3.000 e possivelmente 5.000 igrejas devem sair”, escreveu Tooley um dia antes das conferências do Texas finalizarem a saída das igrejas.

“As agências denominacionais estão se preparando para uma queda de 38% no financiamento para 2025-2028, o que implica uma perda aproximada de membros esperada de 2,3 milhões de membros dos quase 6,3 milhões que a denominação tinha nos Estados Unidos em 2020. Isso não é um êxodo menor.”

O Rev. Nathan Lonsdale Bledsoe, pastor sênior da Igreja Metodista Unida de St. Stephen de Houston, disse ao The Texas Tribune que acredita que as saídas refletem a divisão geral nos Estados Unidos.

“É paralelo a este momento no mundo mais amplo”, disse Bledsoe, cuja congregação planeja permanecer com a UMC. “É um momento difícil para unir as pessoas. Nós realmente refletimos a fragilidade da cultura e do mundo.”

Nova denominação

Em maio, a Igreja Metodista Global (GMC) foi oficialmente lançada para servir como uma alternativa teologicamente conservadora à UMC, com muitas congregações Metodistas Unidas decidindo se juntar à nova denominação.

No mês passado, a Conferência UMC da Carolina do Norte realizou uma sessão especial para aprovar oficialmente os votos de desfiliação de 249 congregações, quase um terço das igrejas membros da conferência.

“O futuro é brilhante, especialmente porque Deus tem algo a ver com isso”, disse o bispo da Carolina do Norte, Leonard E. Fairley, em um comunicado.

“Sabemos o final desta história por causa de quem Jesus Cristo é. Que vocês se considerem queridos, independentemente do que votamos aqui. Tenham uns aos outros queridos em suas orações.”

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST

RETIRO IP SEMEAR 2023
Artigo anteriorO DEUS QUE ADORAMOS
Próximo artigoMais de 87 mil pessoas pedem fim de clube satânico para crianças nos EUA
Pastor Eli Vieira é casado com Maria Goretti e pai de Eli Neto. Responsável pelo site Agreste Presbiteriano, Bacharel em Teologia, Pós-Graduado em Missiologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, Recife-PE e cursando Psicologia na UNINASSAU. Exerce o seu ministério pastoral na Igreja Presbiteriana do Brasil desde o ano 1997 ajudando as pessoas a encontrarem esperança e salvação por meio de Jesus Cristo. Desde a sua infância serve ao Senhor, sendo educado por seus pais aos pés do Senhor Jesus que me libertou e salvou para sua honra e glória.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here