Apenas 13% da Geração Z vão à igreja toda semana, segundo pesquisa

0
747

Imagem ilustrativa. Jovens estão cada vez mais distantes da igreja. (Foto: Ismael Páramo/Unsplash)

Pesquisadores dizem que esta é a geração menos cristã da história americana.

Uma pesquisa publicada no início de mês nos Estados Unidos mostra que jovens de 15 a 25 anos, que fazem parte da Geração Z, estão cada vez menos engajados com a igreja.

A pesquisa feita pela Fundação Walton Family e Murmuration, em conjunto com o instituto de pesquisas SocialSphere, descobriu que apenas 28% dos americanos da Geração Z vão à igreja pelo menos uma vez por mês, enquanto 14% se identificam como ateus ou agnósticos.

Além disso, o estudo indica que a geração mais jovem também tem muito mais probabilidade de se identificar como LGBT

O estudo reuniu dados de 3.227 jovens americanos de 15 a 25 anos e 1.036 adultos com 26 anos ou mais, por meio de pesquisas online. Os entrevistados foram questionados com que frequência vão à igreja, além de casamentos e funerais. 

Os dados mostram que apenas 13% da Geração Z vão aos cultos uma vez por semana, e somente 5% frequentam a igreja mais de uma vez por semana. 

Entre os jovens adultos com 26 anos ou mais, 16% vão aos cultos toda semana e 5% frequentam a igreja mais de uma vez por semana.

A maioria dos jovens Geração Z (23%) frequentam cultos apenas algumas vezes por ano, enquanto 14% dos jovens adultos fazem o mesmo.

Jovens da Geração Z são mais propensos a se identificar como ateus (9%) do que adultos com mais de 26 anos (5%), segundo a pesquisa. Já 5% dos entrevistados da Geração Z e 4% dos jovens adultos se identificaram como agnósticos. 

Influência LGBT

O estudo também indica que a Geração Z é muito mais propensa a se identificar como gay, lésbica, bissexual ou transgênero.

Cerca de 75% dos entrevistados da Geração Z se identificam como “heterossexuais”, em comparação com 92% dos jovens adultos. 

Entre a Geração Z, 9% se identificam como bissexuais, 2% se identificam como gays e 1% como lésbicas. Os números diminuem entre jovens adultos: 3% afirmam ser bissexuais, 1% gays e menos de 1% lésbicas.

Além disso, 4% dos entrevistados da Geração Z se identificam com alguma “identidade queer”, transgêneros ou não binários. Entre os jovens adultos, a taxa cai para menos de 1%.

“A geração menos cristã”

Questionados sobre a denominação religiosa, 24% da Geração Z e 25% dos jovens adultos disseram ser católicos. Outros 9% da Geração Z e 23% se identificaram como protestantes de linha tradicional. E 11% da Geração Z e 9% dos jovens adultos se identificam como evangélicos.

Em 2018, o Barna Group descobriu que a Geração Z é a geração menos cristã da história americana.

“A geração Z é diferente porque eles cresceram em um ambiente pós-cristão e pós-moderno, onde muitos deles nem mesmo foram expostos ao cristianismo ou à igreja. Portanto, essa é uma mudança realmente única”, disse Brooke Hempell, vice-presidente sênior de pesquisa do Barna.

“Há muitas igrejas que estão vazias neste país”, Hempell adicionou. “A Geração Z é quem realmente está mostrando o fruto disso. Muitos deles são uma lousa em branco espiritual. Pela primeira vez na história de nossa nação, isso é cada vez mais comum.”

A pesquisa da Fundação Walton Family e Murmuration para a Geração Z tem uma margem de erro de 1,7 ponto percentual, enquanto o estudo de adultos de 26 anos ou mais tem uma margem de erro de 3 pontos percentuais.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST

RETIRO IP SEMEAR 2023
Artigo anterior“Continue orando”: Sobreviventes ainda são encontrados nos escombros do terremoto
Próximo artigoVIVER EM OBEDIÊNCIA A DEUS
Pastor Eli Vieira é casado com Maria Goretti e pai de Eli Neto. Responsável pelo site Agreste Presbiteriano, Bacharel em Teologia, Pós-Graduado em Missiologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, Recife-PE e cursando Psicologia na UNINASSAU. Exerce o seu ministério pastoral na Igreja Presbiteriana do Brasil desde o ano 1997 ajudando as pessoas a encontrarem esperança e salvação por meio de Jesus Cristo. Desde a sua infância serve ao Senhor, sendo educado por seus pais aos pés do Senhor Jesus que me libertou e salvou para sua honra e glória.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here