Jogadores se recusam a usar camiseta LGBT: “Vai contra nossas crenças cristãs”

0
842

Os irmãos Eric e Marc Staal não aceitaram usar uma camisa em apoio ao orgulho LGBT. (Foto: Wikimedia Commons/r Bobinas All-Pro/Wikimedia Commons/Benjamim Reed)

Os irmãos Eric e Marc Staal, da NHL, não aceitaram usar uma camisa de aquecimento pré-jogo, em apoio ao orgulho LGBT.

Dois jogadores irmãos da NHL (Liga Nacional de Hóquei) se recusaram a usar uma camiseta LGTB, durante o aquecimento antes do jogo contra o Toronto Maple Leafs, na quinta-feira (23), na Flórida.

Eric e Marc Staal, do Florida Panthers, declaram que vestir as camisetas, que fazem parte de uma ação em apoio ao orgulho gay, feriria sua fé.

“Não fazemos julgamento sobre como as pessoas escolhem viver suas vidas e acreditamos que todas as pessoas devem ser bem-vindas em todos os aspectos do jogo de hóquei. Dito isso, sentimos que vestir uma camisa do Orgulho vai contra nossas crenças cristãs”, afirmaram os jogadores, em um comunicado.

O técnico da Florida Panthers, Paul Maurice, lembrou que os irmãos Staal têm o direito de se posicionarem de acordo com sua fé.

“Estes são homens adultos que viveram em sua fé por toda a vida. Isso não é novidade para eles. Eles têm o direito de assumir essa posição. O restante dos jogadores vestiu esse suéter com orgulho e espero que tenhamos transmitido essa mensagem de ‘Bem-vindos ao nosso prédio, bem-vindo à nossa franquia e bem-vindo ao grande jogo de hóquei’”, declarou Paul.

No sábado passado (18), outro jogador da NHL não aceitou usar uma camisa de aquecimento pré-jogo em apoio à comunidade LGBTQIA+.

James Reimer, goleiro do time do San Jose Sharks, declarou que escolheu honrar sua fé em Jesus. 

“Durante todos os 13 anos da minha carreira na NHL, tenho sido cristão. Não apenas no título, mas em como escolho viver minha vida diariamente”, disse James.

E acrescentou: “Neste caso específico, estou optando por não endossar algo que seja contrário às minhas convicções pessoais baseadas na Bíblia, a maior autoridade em minha vida”.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE FOX NEWS

RETIRO IP SEMEAR 2023
Artigo anteriorUMA VISÃO DO CRESCIMENTO DA IGREJA
Próximo artigoConselho Mundial de Atletismo proíbe atletas trans em esportes femininos
Pastor Eli Vieira é casado com Maria Goretti e pai de Eli Neto. Responsável pelo site Agreste Presbiteriano, Bacharel em Teologia, Pós-Graduado em Missiologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, Recife-PE e cursando Psicologia na UNINASSAU. Exerce o seu ministério pastoral na Igreja Presbiteriana do Brasil desde o ano 1997 ajudando as pessoas a encontrarem esperança e salvação por meio de Jesus Cristo. Desde a sua infância serve ao Senhor, sendo educado por seus pais aos pés do Senhor Jesus que me libertou e salvou para sua honra e glória.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here