Ataques de Grupos armados causam 1.900 mortes na Nigéria entre Janeiro e Março de 2022

0
359

Quem não perdeu entes queridos para a violência está deslocado pelo país por causa dela

O número de assassinatos foi contabilizado entre janeiro e março de 2022

A violência de extremistas islâmicos tem castigado a Nigéria nos últimos anos. De janeiro até final de março de 2022, 1.900 nigerianos foram assassinados durante ataques dos jihadistas. De acordo com a análise da empresa de pesquisa SBM Intelligence, a região mais afetada pelo terrorismo foi o Noroeste, com 782 mortes, depois vem o Nordeste com 441 e em seguida o Centro-Norte, também conhecido como Cinturão Médio, com 425 pessoas assassinadas.

Em 19 de abril, pelo menos 20 pessoas foram mortas ou feridas em um ataque do ISWAP em um mercado em Iware, uma cidade no Leste da Nigéria. Em um comunicado publicado no Telegram, o grupo radical disse que “soldados do califado no centro da Nigéria” atacaram “uma reunião de cristãos infiéis”, informou a Reuters. No domingo anterior, extremistas fulanis atacaram dez comunidades no estado de Plateau, na região centro-norte da Nigéria, matando mais de 150 pessoas.

Unindo forças para o mal

De acordo com o diretor de pesquisa da Portas Abertas, os ataques recentes a um trem que viaja do Aeroporto Internacional de Abuja e Kaduna, bem como batalhas com forças do governo, indicam uma colaboração entre os diferentes grupos violentos. “Parece que o país está agora tendo que enfrentar um poderoso monstro de três cabeças,  já que Boko Haram, ISWAP, extremistas fulanis e os criminosos estão evidentemente agindo em cooperação uns com os outros.”

Após os assassinatos em massa em Plateau, o ministro da Informação do Estado, Lai Mohammed, disse aos repórteres que os ataques foram resultado de “uma espécie de aperto de mão profano entre bandidos e insurgentes do Boko Haram”.

Embora a violência afete a todos, os cristãos costumam ser alvos específicos por causa de sua fé. Este ano, a Nigéria subiu duas posições na Lista Mundial da Perseguição 2022, agora é o 7º  país onde os cristãos sofrem mais violência no mundo.

Socorra cristãos na Nigéria

Você pode demonstrar que os cristãos vítimas de violência na Nigéria não estão sozinhos. Ajude a suprir as principais necessidades de nossos irmãos e a reconstruir comunidades cristãs. Doe!

Pedidos de oração

  • Clame para que a paz do Senhor seja derramada em toda a Nigéria e a população consiga viver sem medo.
  • Peça que os entes queridos dos nigerianos que morreram sejam consolados por Deus e supridos nas necessidades físicas, emocionais e espirituais.
  • Interceda para que as autoridades tenham sabedoria e consigam conter a onda de violência que tem destruído o país.
  • Ore para que os intentos dos grupos radicais sejam frustrados. Que o Senhor faça justiça e alcance pessoas-chave da liderança deles.
  • Fonte: Portas Abertas
RETIRO IP SEMEAR 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here